Quando soube que carregava dentro de mim um ser que seria o meu (a) primeiro (a) filho (a) senti uma grande alegria. Somente após alguns meses é que foi determinado que seria um menino. A partir daquele dia tudo foi planejado em função desse novo ser que hoje se chama Rogério Wagner. Foram nove meses de muita ansiedade. Os quatro meses iniciais foram vividos com mais dificuldades devido aos eventuais sintomas de vômitos que sempre senti por todo esse período. Nada me deixou abalada diante da grande vontade de ser mãe.
          Tive uma gestação tranquila e tinha condições de ter um parto normal, mas tive de passar por uma cesariana depois de um dia sofrendo dores. Sei que mesmo sofrendo eu me senti feliz quando soube que meu filho nasceu saudável e sem complicações. Lembro-me que uma primeira pergunta eu fiz a médica Dra. Dalva “Nasceu bem?” “ Ela respondeu-me” Sim, é um menino muito bonito” Foi uma grande alegria e tudo recomeçava em função dessa nova vida que veio para me fazer Mãe no dia 30 de setembro de 1978.
         Ser mãe é sentir a grande responsabilidade de ter cumprido todos os papéis necessários desde a gestação, nascimento, desenvolvimento social, intelectual, moral e cristão dos meus filhos Rogério Wagner e Rose Anny (Aninha) São filhos maravilhosos, posso dizer que não me deram trabalho para criá-los. Se lhes faltou algo na vida não foi intenção minha que lhes faltassem coisa alguma. Bem que gostaria de tê-los dado mais conforto e instabilidade na vida. Mas rezo pedindo a nosso bom Deus e nossa Senhora para que surjam boas oportunidades em todos os setores da vida e que eles possam caminhar daqui pra frente com melhores condições de vida. Que o mal seja afastado e que somente bons fluidos venham ao alcance deles. Que ninguém duvide da capacidade que eles têm e nunca os descriminem em nenhum aspecto.
          Meus filhos considero-me uma boa mãe, mas deixo o julgamento final para que vocês o façam.
        Nesse próximo dia das Mães sinto-me muito feliz por ter vocês dois pertinho de mim e desejo que esse dia jamais seja esquecido.

Beijos e abraços de sua mãe,

Mazé


 
Artmaze Views: 978

Código do texto: 0edf94de007e9005f794a496ad577778                  Enviado por: Artmaze em 10/05/2014

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2017 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Artmaze
Natal, RN, Brasil


 Ver mais textos desta autora