Somam-se no tempo os dias

Natal, ano novo folias

Chegam novidades

A cada somar das idades

 

As relações naturais

Macho e fêmea ditas normais

Casamentos chiques, monumentais

Eram capas de revistas, jornais

 

Famílias de nomes tradicionais

Evitavam alianças com o simples cidadão

O combinado era manter o brasão

E afastados a plebeia e ou pobretão

 

Mas tradições foram sendo descartadas

Os homens passaram a namorar homens

E mulheres tendo outras como amadas

E as proles serão todas adotadas

 

Ou então entra a proveta na relação

A descendência tem continuação

Tudo superado sem atribulação

E não sera arranhada a união

 

Lógico houve o choque esperado

O que diz a ciência foi mudado

Sem aviso prévio foi alterado

Mas com o tempo tudo vai sendo acomodado

 

Amanhã o escrito nos contará

Sobre a consequência que nascerá

Que qualidade de sociedade haverá

E o convívio entre pessoas como será

 

Hoje já podemos contar ser normal

Macho e macho, fêmea e fêmea tudo natural

A dedução lógica e real

É afirmar sem receio de errar: a humanidade é homossexual!

Lúcio Reis

Em 01/10/2017


 
Lúcio Reis Views: 87

Código do texto: 50fefed1021556564e05ac7273c6bf17                  Enviado por: Lúcio Reis em 01/10/2017

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2017 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
Lúcio Reis
Belém, PA, Brasil


 Ver mais textos deste autor