Restinga Seca, plácida se expande

como o lume da  estrela boreal

rica e bela em sua natureza

bordada de encanto e singeleza

E os acordes de vida em sinfonias

sob um verde esmeralda que irradia

há um solo de vertentes e riquezas

 

Te ergues na imponência e nobreza

pedestal de um povo acolhedor

abrindo-se horizontes culturais

pela vivência e pelo transcender

na arte e literatura tens penhor

agregando valores mais e mais

numa evolução constante do saber.

 

Restinga Sêca, grande afloral

de sábios e  ousados ideais

por ações e à luz do empírico

de fascinante riqueza cultural

Simplicidade no viver e ver a vida

Temáticas, filosóficas e o lírico

Bela cidade da região central

 

Letra: Ilda Maria Costa Brasil e Juraci da Silva Martins

Música: Olga Ineu Freitas Santos





 
Olga Santos Views: 2292

Código do texto: b183a597798c66a389a30b7400ac2c7e                  Enviado por: Olga Santos em 20/02/2013

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2017 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Olga Santos
São Sepé, RS, Brasil


 Ver mais textos desta autora