Oh Sol!
Minha esperança,
quando à noite entrega-se para você,
e faz nascer a manhã,
nevoeiros se dissipam,
o céu se pinta em cores,
horizontes se douram,
raios sagrados envolvem a terra.
Entre Sol e sombra,
do etéreo saio,
para alguma dimensão me movimento,
lá, a vida me espera.
Nasço,
vivo, estou viva ... !!!
Oh Sol!
Na sua luz eu não me perco,
 no seu calor eu me aqueço,
somos eu e você, uma inspiração.
Espantada com a força de seu abraço,
me perco nos meus limites.
Tenho braços gulosos, 
olhos de dias claros,
oração no coração.
Tenho sede de calor,
de esperança,
de horizonte,
e um olhar plural.
Oh Sol!



- Helena Huback -






 
Helena Huback Views: 210

Código do texto: 4ab78ab840237c795ca973ebc9d73571                  Enviado por: Helena Huback em 06/05/2017

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2017 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Helena Huback
Nova Friburgo, RJ, Brasil


 Ver mais textos desta autora